Brises

Características dos Brises
O brise-soleil (ou quebra-sol) é um elemento arquitetônico concebido por Le Corbusier e tem como principal característica impedir a incidência direta da radiação solar no interior dos edifícios.

Geralmente, os brises são utilizados em construções que necessitem de ventilação natural e do bloqueio direto de raios solares, como por exemplo, em prédios públicos, universidades, colégios, hospitais, shoppings e centros comerciais. Normalmente, são indicados para fechamentos de vãos, alinhado ou avançando da fachada.

Além de proporcionar resultado estético, os brises apresentam também eficiência energética e conforto térmico, o que fazem dessa solução o diferencial por uma arquitetura sustentável, onde são minimizados os custos com ar condicionado e iluminação artificial.

Composição técnica
Os brises são fabricados em alumínio, aço ou galvalume e são caracterizados por um conjunto de lâminas que podem ser posicionadas na vertical ou na horizontal. Está disponível em várias angulações, que equaciona a ventilação e a claridade, de acordo com a necessidade de sombreamento. As lâminas podem ser lisas ou perfuradas e fixas ou móveis, proporcionando a regulagem no controle da luz.

Para a correta especificação de um brise, o profissional deverá considerar:

o posicionamento do brise-soleil em relação ao alinhamento/avanço da fachada;
dimensões em relação ao plano da esquadria e tipos de angulações;
mobilidade de suas lâminas,
orientação das fachadas
características do material que compõe o brise (absorção e reflexão à radiação solar, condutividade térmica, cor e tratamento da superfície).